quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Chegamos ao fim das nossas atividades deste ano de 2008

Querido(a) aluno(a),
Estamos chegando ao fim das nossas atividades deste ano de 2008.
Nossos momentos juntos, foi de confiança, diálogo, amizade e muitas vezes de críticas e cobranças.
Acredito que o conhecimento é fundamental para que o indivíduo possa conviver em sociedade e, como cidadão, interferir na produção de um espaço onde haja justiça social, respeito ao meio físico natural/social e melhor qualidade de vida.
Foi pensando em tudo isso, que muitas vezes cobrei, exigi posturas e tentei resgatar valores que acredito que levam à conquista da cidadania. As vezes não fui bem interpretada e também algumas vezes "saí dos trilhos" com alguns de vocês (também pudera!!Haja paciência!!ha!ha! não é mesmo?).
Outras vezes, recebi com alegria o abraço carinhoso... uma palavra amiga de muitos de vocês e isso sempre me comove e estimula a continuar nessa profissão.
Enfim, penso que não foi em vão, pois as mudanças...Um dia acontecem...E para muitos já aconteceram.
Mas para você aluno(a) que ainda está dependendo de notas, não dê por encerrado seu tempo.Não desista antes da hora...Estude! Estude! Corra atrás... Não deixe "o bonde passar" . E por falar nisso, a P2 de Geografia está aí.Vai aqui algumas dicas para vocês.
Foi muito bom tê-lo(a) como aluno(a).
Abraços!! Professora Rosângela Zorzetti (Tia Rô)
"Acredito nos jovens à procura de caminhos novos
Abrindo espaços largos na vida"
Cora Coralina
Para os alunos do 7º Ano
Conteúdo da P2: Capítulo 7 todo(leitura e interpretação de mapas e gravuras).
*Registro do caderno.
A Organização Regional do Espaço Brasileiro
Falar da organização regional do espaço brasileiro é algo muito complexo, pois se trata d regionalização de um país de grandes dimensões e que nas últimas décadas tem passado por um processo de diferenciação do espaço.Mas afinal, o que é regionalizar ou criar uma região?
"Existem na superfície terrestre áreas territoriais que podem apresentar características naturais, sociais ou históricas semelhantes e que as distinguem das características encontradas em outros lugares do planeta. Assim, para estudá-las melhor,geógrafos, economistas, sociólogos, entre outros pesquisadores, acabam estabelecendo limites para essas áreas, que são denominadas, então, regiões."(BOLIGIAN.Levon.Geografia Espaço e Vivência)
A divisão de um determinado território em regiões, depende de critérios variados, como: a distribuição da renda da população, as atividades econômicas predominantes, a vegetação natural, os tipos de solo, relevo, clima, entre outros aspectos, que podem ou não ser adequados de acordo com os limites políticos administrativos internos de um país.
Atualmente, o Brasil está dividido em 26 estados e um Distrito Federal, que é uma unidade autônoma, criada para abrigar Brasília, a capital do país, sede do governo federal. Mas esta divisão, sempre existiu? Claro que não. Até 1997, quando foi criado, o estado de Mato Grosso do Sul, não existia.Tocantins, só passou a existir, em 1988. Bem, são várias as mudanças internas ocorridas no espaço brasileiro ao longo dos anos.
Mas a que se deve essa divisão do Brasil em estados? Podemos entender que se deve a fatores históricos e político-administrativos. A formação de vários estados brasileiros teve início na divisão do país em capitanias hereditárias na época da colonização portuguesa.Por exemplo: os estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte, são originários de antigas capitanias, e seus atuais limites conservam semelhanças com os originais.
O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) criou as atuais cinco grandes regiões geográficas do Brasil. A base para essa regionalização, no início quando foi criada, foi em aspectos físicos. Depois mais tarde, com as mudanças econômicas e sociais em nosso território os critérios de regionalização também mudaram. O IBGE, passou a observar critérios econômicos e sociais para agregar as unidades regionais.
No entanto, nenhum dos critérios utilizados para fazer as divisões regionais do IBGE ou em quaisquer outras formas de regionalização, conseguem de fato agregar territórios iguais quanto às suas características geográficas, pois utilizam-se sempre dados aproximados, gerais e médios.
Cabe lembrar, que a regionalização do Brasil, eleborada pelo IBGE é a oficial e que é por meio dela que os números estatísticos do Brasil são conhecidos.
Mas se a investigação geográfica pretende ir além das estatísticas e dos limites impostos por essa forma de dividir o Brasil, pode-se lançar mão de outras divisões regionais, não necessariamente subordinadas às fronteiras políticas e à continuidade territorial.
A divisão do Brasil em grandes regiões geoeconômicas ou ''macrorregiões geoeconômicas", é um exemplo.Essa divisão, considera, sobretudo, a formação histórica e econômica do país, obedecendo, também, alguns critérios naturais mas, os limites das regiões não coincidem com os limites dos estados brasileiros, pois sabe-se que as características socioeconômicas e naturais muitas vezes ultrapassam as fronteiras estaduais.
O mapa de regiões naturais(hidrografia,relevo,clima..) mostra situações semelhantes, ou seja, as características eleitas como critério para regionalizar também faz com que diversos estados tenham territórios divididos em mais de uma região.
É preciso lembrar, que as regiões, independentemente do critério adotado para definí-las, são sempre dinâmicas e sujeitas a modificações com o tempo.



6 comentários:

Mandinha disse...

obriagada pelas dicas
Bjos...
Amanda D. 7°C

mimizinha_per disse...

Professora,brigada pelas dicas do blog,espero me sair beem.
beeijos,Yasmin 7°E

Gabriel disse...

oi professora aqui é o gabriel macedo do 7º ano b


e eu li esse resmo e gostei muito vc me ajdou a estdar vlw

:)

chuc norris disse...

valeu pelas dicas prof!
ate logo
bj,matheus freire 7 ano E

Giikinhaáh ;] disse...

Proofessora, obriigada pelas dicas e pelo apooio ...
Espero me sair bem na provaa...
Beiijos;**
Giovanna 7º"E"

RONALDO e pedro disse...

prof valeu pelas dicas
vo tenta estuda....kkk
bj, ronaldo 7 ano E