quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Como já comentamos, o relevo são as várias formas encontradas no nosso planeta como:morros,serras,montanhas, planícies entre outros.Encontramos em nosso país, principalmente nos estados aonde o relevo é mais acidentado como Rio de Janeiro, várias pessoas ocupando áreas de morro.Essas áreas são impróprias para moradia, pois em época de chuvas ocorrem muitos deslizamentos.São consideradas áreas de risco.
Em decorrência das características geológicas e climáticas, quando chove muito por exemplo, o solo fica muito encharcado e saturado, com isso materiais do solo e rochas podem deslizar morro abaixo, levando junto as construções que muitas vezes são precárias.
Os mapas utilizados nos infográficos são muito importantes, pois apresentam a dimensão espacial de fenômenos, como o deslocamento de massas de ar, e informam a localização dos eventos tratados na reportagem.

Em especial para meus queridos alunos do 6ºAno OMNI

Olá galera!

Referente aos comentários das atividades da p.137 do seu livro de Geografia, eu já havia postado em 2016.Só ir lá e conferir.Beijos

 

Postarei comentário da páginas 135 e 136 sobre o infográfico 

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Comentário das atividades desenvolvidas página 137

1) Explique a diferença entre uma planície e um planalto.

As planícies são superfícies geralmente planas, formadas pelo acúmulo de sedimentos, que podem ser fluviais, marinhos ou lacustres(lagos). Os planaltos são superfícies irregulares e altas, que sofrem intensa erosão.

 2) Diferencie agentes externos e internos na constituição do relevo terrestre e cite exemplos.

 Como vimos, os agentes externos são, principalmente, forças de destruição e modelagem da superfície terrestre.Exemplos:chuvas, vento,água dos mares e dos rios e a própria ação humana.
Já os agentes internos são, em geral, forças de construção das formas de relevo.Atuam de dentro para fora .Exemplos: terremotos e vulcanismo.

3)Por que o Brasil não é atingido por terremotos de maior magnitude?

O Brasil está localizado em uma área geológicamente estável, no meio da Placa Sul-Americana, longe das zonas de encontro de placas tectônicas.

4) Leia o trecho de uma notícia sobre o terremoto ocorrido no Japão em 2011 e relacione a notícia com a teoria das placas tectônicas.

A notícia se refere ao terremoto no Japão de magnitude 8,9 na escala Richter que matou centenas de pessoas e deixou outras tantas feridas.Esses abalos sísmicos são formados pelas zonas de contato de placas tectônicas, onde é registrada a maioria dos terremotos do planeta.Esse país se encontra em uma área de intensa atividade tectônica e vulcânica onde os desastres naturais são frequentes.

5) Explique como os ventos podem atuar na modelagem do relevo.

Os ventos levam junto com ele sedimentos que, ao atingir rochas distantes, podem desgastá-las e alterar suas formas originais.Eles também transportam a areia solta e mais fina, formando dunas em regiões litorâneas e nos desertos.

6) Descreva como ocorre a erosão fluvial.

As forças das águas dos rios atuam no desgaste das rochas e dos solos, no transporte do material desgastado e na deposição desses materiais em regiões mais baixas do relevo.

7)  Nos últimos anos ocorreram deslocamentos de massas(solo/ou rocha) em áreas de vertentes das serras atlânticas, principalmente do Sudeste, deixando dezenas de mortos e desabrigados.Essas tragédias têm alguma relação com a ocupação humana nas vertentes?Justifique sua resposta.

Sim.Em decorrência da retirada da vegetação natural e da ocupação humana , são intensificados os movimentos de massa em morros e bases de vertentes, ocasionando inúmeros acidentes envolvendo vidas humanas.

8) Cite duas sugestões possíveis para que tragédias envolvendo deslizamento de terras nessas áreas possam ser evitadas.

Manter a vegetação nativa nas vertentes íngremes, bem como a proibição de construções nessas áreas consideradas de risco.